Dicas de Pilotagem

Thumb-aula-7

Dicas de Pilotagem #7: A técnica do Punta Taco

Neste vídeo procuro explicar não só o que é o Punta Taco, mas também como executá-lo e principalmente por que é importante executar o Punta Taco.

Dicas de Pilotagem #7: O Punta Taco

Olá pessoal, tudo bem? Aqui é o Cristian e hoje finalmente consegui subir pro Youtube o vídeo sobre o punta taco. Muita gente tinha me pedido nos comentários dos vídeos pra fazer e explicar o punta taco. Eu já vi muita explicação na internet sobre o punta taco tanto brasileira, como americana. Só que sempre ensinado a fazer o punta taco sem mostrar tanto o porquê que se faz o punta taco, o que é, de onde veio o nome. Então eu procurei elaborar um pouquinho mais.

O que é o punta taco?

É um técnica de redução de marcha em que você alinha tanto o freio do carro quanto o freio do motor, de maneira que você tenha uma frenagem mais eficiente, ou seja o mais eficiente o possível na hora de você frear rápido e contornar uma pista no menor tempo o possível.

O que que é o freio motor?

É o seguinte, se você acelera o carro, o motor está puxando você pra frente. Se você está reduzindo sem acelerar, o motor está te ajudando a frear e por isso que você utiliza o freio motor ao mesmo tempo que ele freia o carro. Com o motor virando, impede que você trave as rodas do seu carro. Então por isso que se alinha a frenagem do motor com a frenagem dos freios do carro

Então vamos lá. O que significa o punta taco?

Punta taco quer dizer ponta e calcanhar do pé
Como é que isso funciona? Você vai frear com o pé direito com a ponta do pé no freio, e na hora que você for pressionar a embreagem pra reduzir uma marcha, você vai dar um toque com o calcanhar no acelerador. Então, ao mesmo tempo que você aperta a embreagem e reduz uma marcha, você toca o calcanhar no acelerador, não só pra dar uma “aceleradinha”, mas pra você subir a rotação do carro pra o nível da próxima marcha que você vai engatar.
Pra explicar isso direitinho, eu preparei um gráfico aqui, um gráfico fictício, mas que mostra velocidade e rpm. Os traços em vermelho aqui são as marchas (veja vídeo).

Então, conforme o gráfico, você sai com o carro acelerando, você chega a 45 por hora, você chega num limite que no meu gráfico aqui é 10 mil rpm, você muda pra segunda marcha, ele cai aqui pra 5800, continua acelerando, vai crescendo até chegar no final em 80Km/h mais ou menos, põe terceira, acelera, põe quarta, enfim… você acaba trabalhando com essa faixa de rotação, que seria a faixa de rotação ideal que eu já até expliquei em um outro vídeo sobre faixa ideal de potência… Enfim, você está acelerando, na hora que você frear e reduzir, se você por exemplo está aqui a 170Km/h mais ou menos e simplesmente ao mesmo tempo que você começar a frear já puxar a terceira marcha do seu carro, o que vai acontecer? Você vai estar ainda acima do limite de terceira, quando você colocar a marcha você passar do giro, passou acima do giro, corre o risco de voar uma válvula, quebrar a válvula, fazer a válvula bater no pistão… enfim… danifica seu motor…

Então pra fazer o punta taco, primeiro você reduz a velocidade e rotação do motor a um nível seguro, por exemplo 7 mil rpm, reduz pra terceira fazendo punta taco porque aí com certeza você não danifica seu carro. E na hora de você frear, dê um toquinho no acelerador, você não vai simplesmente uma acelerada, você vai levar a rotação do motor aonde ela estaria se a outra marcha já estivesse engatada.

Você vem e reduz, leva o motor com o calcanhar até a próxima marcha, reduz, faz o taco de novo, reduz… então essa a razão principal pela qual você faz o punta taco: para ter uma frenagem eficaz e alcançar o máximo de eficiência no teu carro, na frenagem sem danificar o motor e você ainda por cima equilibra o freio do carro sem sobre carregar as rodas dianteiras, sem sobre carregar suspenção e evitando que você trave as rodas traseiras.

Bom, chega de papo, vamos ver na prática? Dá uma olhada… (veja vídeo)

Bom pessoal, mais alguns detalhes que eu queria informar antes de finalizar o vídeo. Tem gente que faz algumas variações do punta taco. Por exemplo, tem pedal que fica difícil de você colocar a ponta do pé no freio e o calcanhar no acelerador. Fica mais fácil o calcanhar no freio e aí você acelera com a ponta do pé. O pessoal chama popularmente de taco punta. Também serve desde que você consiga fazer a redução de maneira eficiente. Enfim de maneira que você resolva a sua redução deixe ela suave e ao mesmo tempo agressiva pra você frear com a maior eficiência o possível.

Espero que você tenha gostado do vídeo! Se você gostou clique em gostei; se você tem gostado do que eu tenho feito, coloca esse vídeo como favorito, ou então se inscreve no canal Pista e Pilotagem!

Embaixo eu colo aí nossa página do facebook, site, etc..

E se você ainda tem alguma dúvida, se faltou alguma explicação pra eu dar, coloca aí nos comentários que eu costumo sempre ler e responder cada um de vocês.

Um forte abraço pessoal, até mais!

Se você ainda tem alguma dúvida sobre o Punta Taco, por favor deixe um comentário lá nos comentários do youtube, que vou tentar responder o mais breve possível.

Inscreva-se no canal aqui: https://www.youtube.com/subscription_center?add_user=pistaepilotagem

Página do Facebook: https://www.facebook.com/pistaepilotagem
Website: https://www.pistaepilotagem.com.br